AÇÕES SINDICAIS

Central de Cursos do Siemaco celebra sua 11a turma de formandos

10/12/2017



O Siemaco celebrou no sábado (9) a formatura da 11a turma de alunos do curso de educação continuada, além dos ciclos de inglês e informatica. Mais de 100 pessoas reuniram-se no Teatro do Sindicato para formalizar o fechamento de um importante ciclo em suas vidas. 

Após um ano difícil na conciliação de trabalho, família e estudos, os alunos, acompanhados de seus familiares, puderam ver um resumo do que foi realizado em sala de aula através da exposição dos próprios trabalhos, que versaram em torno do tema da diversidade. A coordenadora pedgógica da Central de Cursos, Roberta Butolo, adiantou que em breve mais de uma centena de alunos do Ensino Médio também receberão os seus diplomas, assim que forem divulgadas as notas do Enceja e como acontece anualmente, alguns entrarão para o Ensino Superior, com as notas do Enem.

"A educação é um direito fundamental que exige direcionamento, estudo, prática, valores e respeito às diferenças", disse Roberta, abrindo a cerimônia. Na sequência, o conselheiro financeiro do Seac (Sindicato das Empresas de Asseio e Conservação), Pierantonio Sedo, e a a pegagoga do Ciee (Centro de Integração Empresa Escola), Maria Betania de Melo Silveira, parabenizaram os formandos.

Ambos lembraram o esforço individual, que levou cada um dos alunos a mais uma vitória de vida. Ao longo de onze anos, o Siemaco, em parceria com o Seac, o Metrô SP e o Ciee, garantiram a educação formal para mais de dois mil trabalhadores.

Os diretores Silvana Souza e Wagner Antonelli, representaram o presidente Moacyr Pereira e diretoria.  "O ensino liberta", afirmou Silvana enquanto Wagner destacou que "o diploma é uma conquista do trabalhador guerreiro." 

A cultura do povo brasileiro

Durante o ano letivo de 2017, o planejamento estratégio do curso de educação continuada da Central de Cursos do Siemaco abordou as temáticas da Identidade e Raiz do povo brasileiro. Consequentemente, foi debatido à exaustão os  conceitos da tolerância, respeito e diversidade. 

Resumindo o que foi aprendido e partilhado, os trabalhadores apresentaram uma peça autoral coletiva, que mostrou a origem e formação do povo brasileiro. Eles personificaram o povo nativo, os índios; o colonizador e explorador, o português; os jesuítas, catequizadores; o imigrante negro, escravizado e a pluralidade das raças que formaram o Povo que forma a nossa Nação Brasileira!

No dia em que se comemorou os Direitos Humanos, a performance dos atores-alunos que incorporaram o negro escravizado emocionou a todos.  Revezando-se no palco como mestres de cerimônias, os professores do Central de Cursos do Siemaco somaram as  suas falas em uma única mensagem: a importância de respeitar a diversidade humana e do ato corajodo do recomeço. 

Setenta e sete alunos subiram ao palco e, orgulhosamente, receberam os seus certificados de conclusão de curso.  A maioria deles, cientes de que recomeçar a estudar depois de adulto valeu a pena. Muitos, cientes de que a jornada recomeçará mais uma vez, em 2018, continuarão os estudos graças do Siemaco e seus parceiros.

Andrea de Jesus Ovarisca, encarregada da empresa G4S, foi aluna das turmas de informática e inglês básico. Foi colega de classe da filha Francyelle, de 20 anos, na turma de inglês.

"Para mim, foi muito importante estudar informática no sindicato. Eu não sabia fazer as planilhas, aprendi aqui e hoje uso no meu trabalho", contou, afirmando que estudar um novo idioma ao lado com a filha foi uma experiência muito boa.

"Estamos vivendo épocas onde as pessoas estão muito desacreditadas. Ao mesmo tempo, existe uma busca pela motivação para a realização dos sonhos. Para cada um dos nossos alunos, hoje foi um dia de conquista e para mim é sempre um recomeço. Mais um ano se acaba como se fosse a primeira vez", enfatizou a professora Roberta, emocionada e feliz pela conquista dos trabalhadores da limpeza que acreditam no sindicato e, através dele podem conquistar muito mais.

 

 

 

 

 

 

 

Categorizado em: Central de cursos,