AÇÕES SINDICAIS

A trajetória de Julia simboliza o sucesso das mulheres representadas pelo Siemaco

07/03/2018

Para ela, a vida é uma constante "virada de chave.” Julia de Oliveira Nishi acredita que a frase explica as suas conquistas e os desafios a serem perseguidos.

Desde 23 de fevereiro, ela lidera a equipe que cuida do Asseio e Conservação do Shopping Center Jardim Sul, funcionária da empresa Verzani&Sandrini.

Como poucas, ela foi escolhida!

Escolha acertada

A intuição, perseverança e sinceridade definem a mulher, trabalhadora e ser humano que Julia ela se tornou. Para ela, todos podem crescer profissionalmente, e faz questão de fazer sucessores. Sabe o que diz, e dá o exemplo.

Julia havia acabado de ser demitida quando a Verzani & Sandrini fez uma proposta para ela cobrir um mês de férias, mas sem a promessa de contratação. Seriam apenas 30 dias de trabalho, mas o cliente pediu para que ela fosse efetivada, e assumisse o posto como titular.

Privilégio para poucos, conquistado com competência e respeito à empresa que lhe deu a oportunidade, pelos colegas que crescem ao lado dela, ao cliente e frequeentadores do centro de compras. Sobretudo, à sua história pessoal, na limpeza!

Virada de chave 

Julia começou como auxiliar de limpeza. Trabalhou durante 10 anos na empresa Embrase, até ser surpreendida com a falência da empresa, no dia 22 de novembro de 2017.  

“O Shopping Cidade Jardim, onde eu trabalhava como supervisora, decidiu assumir a limpeza. Eu recebi uma oferta para ficar, mas preferi arriscar", conta.

O contrato orgânico (sem terceirização) não supria as expectativas de crescimento pessoal de Julia. "Eu conhecia bem o serviço, gostava do posto, mas resolvi aceitar uma proposta da Verzani Sandrini”, contou.

Toda a equipe anterior de Julia foi contratada pela Verzani & Sandrini. Para ela, contudo, a proposta era cobrir o período de férias de um colega, no Shopping Jardim Sul. O futuro era incerto, pois dependia de uma nova vaga. Ela decidiu arriscar...

Felizmente, Júlia fez a escolha certa! O cliente gostou tanto da sua performance e da maneira como a equipe de limpeza respondeu ao seu comando, que pediu para que Julia fosse efetivada e mantida no cargo de supervisora.

Eu confiei, apesar de ter trocado o certo pelo incerto. Tudo deu certo.”, confirma

Foco no crescimento profissional

Julia não carrega nenhuma mágoa da empresa anterior. “A Embrase sempre foi correta e pagou os meus direitos”. Não sabia, conturdo, que alguns de seus colegas de empresa, de outros postos, estão dependendo do Siemaco para conseguir, na Justiça, o ressarcimento das suas perdas com a falência da empresa.

Aliás, ela só tem elogio ao trabalho do sindicato. Faz questão de ser sócia, desde 2007, e incentiva todos os seus colegas a se filiarem.

“O Siemaco oferece muitos benefícios, além do suporte aos trabalhadores.” Falta pouco para que a equipe de Julia torne-se 100% Siemaco.

Esmero e diálogo

Julia acredita que todos os colegas de trabalho podem crescer, e não mede esforços para ensinar e proporcionar esse crescimento. No momento, está investindo na auxiliar administrativa Andressa, ex-colega da Embrase que continua ao seu lado, após ser recomendada por Julia.

Para a supervisora, todo posto é diferente e tem as suas especificidades. Por isso, logo no primeiro dia de trabalho buscou no diálogo as informações necessárias para garantir o desempenho ideal.

“Eu comecei na raça, sem apoio, nem operacional nem administrativo. Quando cheguei, eu me vi poiviu sozinha no posto, sem informações prévias, mas eu conquistei a confiança e o apoio do grupo", conta.

Para ela, a escola do trabalho é boa, mas não basta, Quer voltar a estudar, pois tem muitos planos a realizar. “Estou sempre em busca do conhecimento”, finalizou Julia, 

 

                                        

 

 

Categorizado em: Mulher,