AÇÕES SINDICAIS

Vivenciando os limites para conhecer o universo PcD

29/05/2018

Ter autonomia com baixa visão, audição ou mobilidade reduzida são tarefas que se aprende ao longo da vida e uma questão de sobrevivência. Experiência que algumas pessoas vivenciam quando sofrem um acidente ou se é vitimada por alguma doença. Para a maioria da população, no entanto, é algo inconcebível.

Para estimular o olhar para o universo das Pessoas com Deficiência, as diretoras sindicais SIlvana Souza, do Siemaco, e Cremilda Bastos Cravo, do Sindicato dos Comerciários, realizaram um "Café Sensorial" em plena Assembleia Legislativa de São Paulo. A atividade aconteceu durante a 2a Virada Feminina, no domingo, 27 de maio.

Militantes da causa PcD no ambiente sindical e laboral, as duas instigaram os convidados a se colocarem no lugar do outro. Vendados, imobilizados ou se transportando em cadeiras de rodas, os participantes dessa refeição tão especial, espontaneamente, sentiram por minutos o que uma Pessoa com Deficiência vivencia na rotina da vida.  

O som do teclado, tocado pela musicista cega, colocou todos na mesma sintonia. A restrição, no entanto, foi o grande desafio da manhã: uma experiência que mudou a maneira de conviver com a Pessoa com Deficiência e entender o ambiente hostil que as cidades a recebe.