AÇÕES SINDICAIS

Com a ação pontual sindicatos minimizam acúmulo de lixo no Ceagesp devido à paralisação de Grande Geradores

13/09/2018



Indignados com o atraso no pagamento do PPR (Programa de Participação nos Resultados) e benefícios, a equipe de Grandes Geradores locada no Ceagesp fez uma greve de protesto da madrugada de terça-feira (4). O trabalho de coleta de resíduos alimentares só foi retomado no final da tarde após o problema ser solucionado pelos sindicatos de classe. Às vésperas do feriado da Independência, o movimento no local era tal que as caçambas transbordaram de resíduos no maior entreposto de alimentos do país.

O dia sequer tinha amanhecido quando o presidente do Sindmotorlix, Marco Antonio Domingos, recebeu um telefonema dos trabalhadores denunciando a falta de cumprimento da Convenção Coletiva de Trabalho.  Eles haviam recebido um comunicado da empresa Construban de que o pagamento do PPR seria prorrogado.

Momentos depois, acompanhado pelas equipes do Sindmotorlix e Siemaco, Marcão estava no Ceagesp. Foi realizada uma assembleia e os trabalhadores, com o apoio dos sindicatos, aprovaram a paralisação até que o problema fosse resolvido pela empresa prestadora de serviços: Construban.

A negociação com a empresa foi iniciada com a abertura do horário comercial, às oito da manhã, e no final da tarde todos os trabalhadores haviam recebido o PPR, depositado em conta junto com o salário. Todos os prestadores de serviço – 13 motoristas e 35 auxiliares de coleta- conquistaram R$ 171,00 de PPR. A Construbam se comprometeu a pagar os Vales Alimentação, Refeição e Transporte integralmente, na próxima terça-feira (18).

O contato sindical na base garante a confiança dos trabalhadores  

A ação sindical aconteceu durante todo o dia, em três momentos diferentes, para atender os trabalhadores dos três turnos. A assembleia inicial, que definiu a paralisação de protesto; a negociação com a Construban com reunião para validação do acordo e tomada de decisão pelo retorno ao trabalho e a reunião com a equipe da madrugada.

“Não arredamos o pé enquanto não foi resolvida a situação dos trabalhadores”, justificou Marcão. Segundo ele, o mais importante foi a confiança dos motoristas e auxiliares de coleta que atestaram a atuação e proatividade da equipe sindical. Participaram, da ação sindical os diretores e assessor William, Álvaro e Sérgio. 

“Vamos acompanhar os próximos passos e, principalmente, conferir o pagamento dos benefícios, pela Construban”. Qualquer problema ou atraso iremos intervir novamente em defesa dos trabalhadores”, finalizou Marcão, satisfeito com o reconhecimento, pela categoria dos Grandes Geradores.