AÇÕES SINDICAIS

Trabalho e direito garantidos aos trabalhadores da CEAGESP, graças ao Siemaco SP e SindMotorLix

03/04/2019



Durante a manhã desta quarta-feira (03), na sede Siemaco São Paulo, em conjunto com o Sindmotorlix, foi realizada uma assembleia com aproximadamente 150 trabalhadores de coleta de lixo industrial de Grandes Geradores que prestavam serviços na Companhia de Entrepostos de Armazéns Gerais de São Paulo (CEAGESP) para negociar o pagamento de suas verbas rescisórias.

 

De acordo com os diretores das entidades, que estiveram à frente das negociações, Nilson Ferreira (Kbça), do Siemaco SP, e Marco Antônio Domingos (Marcão), do SindMotorLix, todos concordaram que as negociações tiveram resultado positivo. "Conseguimos um resultado satisfatório para nossos representados, com o pagamento dos seus direitos e o compromisso de que ninguém será prejudicado. Esse resultado se deu graças ao diálogo constante das entidades sindicais com a Construrban e a CEAGESP, pressionando ambas as partes para que tudo ocorresse corretamente", disseram os diretores.

 

“Mesmo com a mudança de empresas, parte dos trabalhadores já foram reefetivados no serviço, havendo possibilidade de mais contratações”, explica Marcão. O sindicalista reforça que foi conversado com todos os trabalhadores, para que ficasse ciente dos seus direitos. "Isso faz a diferença nessa relação de confiança. Tanto que eles estão aqui conosco, agradecendo o ótimo resultado conquistado", disse.

 

"Se não fosse pelos sindicatos, a gente não tinha entrado no consenso e ia levar um calote. Eles foram essenciais na ponte entre funcionários, contratante e empresa. A gente entrou num acordo melhor que o esperado: inicialmente, iriam nos pagar em quatro parcelas, conseguiram reduzir para três", disse o auxiliar de coleta Lucas Pereira, que trabalha na CEAGESP há quatro anos e é filiado ao Siemaco SP. "Além de ser sindicalizado por esses motivos, também utiliza os benefícios oferecidos. Gosto demais da estrutura e de como nos atendem", completou o trabalhador.

 

O motorista Edissandro de Oliveira também fez questão de registrar sua felicidade com o resultado obtido pelo SindMotorLix e pelo Siemaco SP. "Minha gratidão pela dedicação e pelo trabaho que fizeram por nós. Se conseguimos garantir nossos direitos, foi graças ao empenho dos diretores e das equipes. de assessores". 

 

Encerrando o impasse, no próximo dia 10 de abril será feito o pagamento da primeira metade da rescisão. O próximo passo é homologar todos os trabalhadores no dia 12 de abril, na sede do Siemaco SP, para liberação do FGTS, para que então eles recebem todo o restante dos valores nos meses seguintes.

  

  

  

 

Categorizado em: Ações Sindicais,