AÇÕES SINDICAIS

Projeto Formação de Lideranças coloca SIEMACO-SP na vanguarda do sindicalismo brasileiro

19/06/2019



Ninguém melhor que o próprio trabalhador para falar com seus companheiros de serviço. Pensando nesta ideia, o SIEMACO São Paulo promove a "Formação de Lideranças", um programa que busca, nos locais de trabalho, perfis que se destacam para se tornarem as vozes e ouvidos da categoria no dia a dia, estreitando laços com a entidade sindical. Numa nova etapa de treinamento, cerca de 50 pessoas passaram a manhã desta quarta-feira (19) no auditório do sindicato conversando com diretores e assessores, tirando dúvidas e entendendo mais sobre conquistas, benefícios, direitos e deveres.

 

O presidente do Sindicato dos Comerciários de São Paulo e da União Geral dos Trabalhadores (UGT), Ricardo Patah, esteve no local para parabenizar os trabalhadores e o SIEMACO-SP pela iniciativa. "É um exemplo de como o sindicalismo deve agir daqui pra frente, tenho muito orgulho de fazer parte desse sindicato. Parabéns a todo o corpo diretivo e aos assessores por esse movimento", disse.

 

Moacyr Pereira, presidente do SIEMACO-SP, abriu o debate explicando o surgimento do sindicalismo brasileiro, a criação da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) e todos os benefícios conquistados pelo sindicato para as categorias que representa. "Estamos aqui para instruí-los, para que vocês sejam replicadores de informações importantes. Como, por exemplo, que essa Reforma da Previdência do governo quer incluir o fim do 13º salário e das férias. Temos os benefícios, como cesta básica, vales alimentação e refeição, auxílio maternidade, piso salarial acima do salário mínimo e tantas outras coisas que só foram possíveis com a união da classe trabalhadora".

 

As trabalhadoras Maria Odete e Michele Cristina, que prestam serviço pela empresa Tonanni nas linhas 7 Rubi e 10 Turquesa da CPTM, elogiaram a iniciativa. Para Cristina, que participa pela segunda vez do evento, essas reuniões são muito construtivas. "Existem muitas coisas que a gente não sabe ou que não tínhamos ideia que são lutas do sindicato. Por isso é importante entendermos a nossa história. Muita gente só vem atrás do benefício, mas é bom saber de onde vem e como foi conquistado".

 

André Santos, diretor tesoureiro do SIEMACO-SP, fechou o evento falando das responsabilidades dos trabalhadores e de como a integração entre sindicato e lideranças é importante. "Quero deixar claro que aqui é somente a sede, o sindicato de verdade fazermos nas garagens, alojamentos e locais de trabalho. Estamos aqui para ouvi-los também, saber onde melhorar e termos um relacionamento cada vez mais próximo com todos os trabalhadores e trabalhadoras", acrescentou.

 

"E o mais importante é que o SIEMACO dialoga inclusive com as empresas, é uma relação de respeito", disse outro trabalhador presente, Allan Wohlers, supervisor da Leão Serviços. Para Wohlers, essa abertura do sindicato só traz vantagens para a categoria. "O SIEMACO não briga, ele vai pelo justo. Nós sempre indicamos que o trabalhador vá no sindicato, muitas vezes para que eles tirem suas dúvidas que não conseguimos tirar", disse.

 

Ao final, todos os presentes tiraram uma foto especial Dia Internacional da Justiça (International Justice Day), uma iniciativa da UNI Global Union, onde sindicatos que representam profissionais da limpeza e guardas de segurança fazem ações como forma de homenagear essas categorias de extrema importância para a sociedade. A mão erguida com luva amarela e o punho cerrado representa a resistência desses trabalhadores e trabalhadoras, para exigir respeito, salários dignos e melhores condições de trabalho. E o SIEMACO-SP, filiado à UNI, participa ativamente deste importante ato.