AÇÕES SINDICAIS

SIEMACO-SP, SEAC-SP e Câmara Paulista para a Inclusão comemoram 29° Aniversário da Lei de Cotas

14/07/2020

No dia 24 de julho é comemorado o 29° Aniversário da Lei de Cotas. O evento será realizado via Facebook, pela página da Câmara Paulista de Inclusão – com diversas atrações culturais. Das 14h às 15h, acontece o Webinar – "Trabalho: Um Direito de Todos", com apresentação de José Carlos do Carmo (Kal) – coordenador da Câmara Paulista para Inclusão. Em seguida, das 17h às 18h – a atração é uma Live Show de Esquenta Festival Sem Barreiras, com Sara Bentes. No último horário, das 19h às 20h – haverá show cultural de artistas com deficiência, com apresentação Marinalva Cruz, Secretária-adjunta da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência da Prefeitura de São Paulo.

O SIEMACO São Paulo, junto ao SEAC-SP – Sindicato das Empresas de Asseio e Conservação no Estado de São Paulo e ao lado Câmara Paulista para a Inclusão da Pessoa com Deficiência, é um dos apoiadores deste evento. Anote a data (24/7) na agenda e participe.

Silvana Souza, diretora responsável pela pasta de Inclusão no SIEMACO-SP, avalia que a data é muito importante e deve sim ser celebrada, mesmo que virtualmente. “O mundo hoje vive uma nova realidade por conta da pandemia, porém o 29° Aniversário da Lei de Cotas precisa ser lembrado e celebrado. A bem da verdade isso (o respeito e valorização do trabalho das pessoas com deficiência) deveria ser algo automático, que as empresa e a sociedade já tivessem a consciência para agir com Igualdade e equidade”, disse ela.

 

 

Lives abordam acessibilidade
 

As comemorações do 29º Aniversário da Lei de Cotas tiveram início já na 1ª semana deste mês de julho, com uma série de lives e entrevistas pelo Facebook, apresentadas por Tuca Munhoz, assessor técnico da São Paulo Transportes (SPTrans) para a acessibilidade das pessoas com deficiência e mobilidade reduzida no sistema de transporte coletivo da Capital.

As entrevistas abordam temas de acessibilidade, situações cotidianas e "aventuras" vivenciadas pelos entrevistados, sempre com o foco na autonomia e no lugar de fala da pessoa com deficiência.

Dinacleia Galdino, analista de projetos na Serasa Experian; Pedro Lang, monitor do curso de pós-graduação de Mobilidade na Escola da Cidade; Denise Siqueira, membra do comitê de Acessibilidade UFSC; Marcelo Panico, presidente do CONSEAS (Conselho Estadual de Assistência Social) e Chico Pirata, presidente do Conselho Estadual para Assuntos da Pessoa com Deficiência de São Paulo, participaram do evento na semana de 6 a 10 de julho.

Do dia 22 de junho até 17 de julho (próxima sexta-feira), foram e serão realizadas entrevistas diárias, sempre às 9h da manhã, com pessoas com deficiência, que são protagonistas em suas profissões. As entrevistas também fazem parte da programação do 29º aniversário da Lei de Cotas, que entrou em vigor em 1991 e que define percentuais de contratação de 2% a 5% de profissionais com deficiência para empresas com 100 empregados ou mais.

Na semana de 29/06 a 3/7 foram entrevistados: Paulo Barreto, professor do SENAC; Duda Schiavo, publicitária e assistente de marketing na Natura; Willian Chimura, programador, Youtuber e mestrando em informática para Educação pelo IFRS; Milla Guedes, consultora na área de Diversidade e Inclusão e Thierry Marcondes, fundador da Empatia do Silêncio e trabalha na área de inovação da Accenture.

Não percam as lives no Facebook da Câmara Paulista de Inclusão – de seg. a sex. – sempre às 9h.

 

O que é a Lei de Cotas

O Artigo 93 da Lei nº 8.213 de 24 de julho de 1991, conhecido como “Lei de Cotas”, define que empresas com 100 ou mais empregados devem reservar de 2% a 5% dos seus postos de trabalho para pessoas com deficiência ou reabilitados do INSS. A fiscalização da lei é realizada pelo Ministério do Trabalho e o seu não cumprimento pode resultar em multas para as empresas e ações civis públicas movidas pelo Ministério Público do Trabalho.

 

*Com informações de Fátima El Kadri, via site da Câmara de Inclusão