AÇÕES SINDICAIS

6º Mutirão do Emprego tem 12 mil vagas e inscrições feitas apenas pela internet

03/09/2021

Começou na terça-feira (30) e segue até amanhã (4/9), o 6º Mutirão do Emprego em São Paulo, promovido pelo Sindicato dos Comerciários de SP e a União Geral dos Trabalhadores (UGT). O SIEMACO São Paulo e o Sindicato dos Padeiros também participam da ação. As inscrições estão abertas e o período de provas dos candidatos pré-selecionados vai de 4 a 22 de outubro. Os candidatos devem cadastrar seus currículos clicando aqui.

Há oportunidades para açougueiro, padeiro, peixeiro, sushiman, operador de loja, estoquista, vendedor, entre outras.

De acordo com os organizadores, os currículos serão analisados por ordem de inscrição. Portanto, quem fez o cadastro nos primeiros dias terá prioridade na triagem.

A ação, que é conhecida por longas filas no Vale do Anhangabaú, terá a sua segunda edição on-line. No ano passado, foram cerca de 300 mil cadastros para 8 mil vagas, de acordo com a central de trabalhadores. Neste ano o mutirão está sendo feito em um sistema híbrido: as inscrições e o envio do currículo são feitos totalmente pela internet, mas os candidatos pré-selecionados passarão por entrevista e provas presenciais na sede do Sindicato dos Comerciários. Para evitar aglomeração será agendado um horário específico para cada candidato.

O sindicato aponta que 45 empresas parceiras devem oferecer vagas no mutirão e cerca de 12 mil propostas estarão disponíveis nas áreas de comércio, serviços e indústria. A inscrição é feita no site dos Comerciários. O cadastro solicitado é equivalente ao preenchimento de um currículo, incluindo, além dos dados pessoais, informações sobre escolaridade, cursos, habilidades, experiências e dados para contato.

Em nota, o presidente da UGT e do sindicato dos Comerciários, Ricardo Patah, explicou que o objetivo é diminuir as barreiras entre candidatos e a área de recursos humanos das empresas. A estimativa das entidades é de que, com as atuais taxas de desemprego, o número de candidatos siga crescendo.

 

Números do desemprego

A taxa de desemprego no país ficou em 14,6% no trimestre encerrado em maio deste ano, segundo dados divulgados no final de julho pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No estado de São Paulo, a taxa de desemprego também está em 14,6%, conforme análise divulgada em junho pela Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade), com dados do IBGE.

 

*Com informações do Sindicato dos Comerciários, Agência Brasil e Agora SP

Categorizado em: Ações Sindicais, Economia,