NOTÍCIAS

Apesar da queda no desemprego o Brasil ainda soma 13,3 milhões sem trabalho formal

01/09/2017

 

Os índices da Pnad registraram recuo no desemprego no trimestre encerrado no mês de julho.  A queda deve-se a informalidade, quando o trabalhador não tem registro em carteira ou trbalham por conta própria.

 

Segundo o IBGE, entre os meses de maio e julho 13,3 milhões de brasileiros viviam em situação de semprego, totalizando 12,8% da população economicamente ativa.

Os números sinalizam um recuo de 0,2% no percentual da taxa de desemprego, no entanto aumento de 1,2 ponto percentual se comparado ao mesmo período de 2016.

 

 

“A gente tem hoje no Brasil um processo de recuperação em termos quantitativos, mas a qualidade deste trabalho é questionável, já que ela se dá no mercado informal”, analisou o coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE, Cimar Azeredo. A taxa de desemprego estima a média móvel trimestral e é divulgada mensalment.e.