Questão de Justiça: SIEMACO-SP aciona Ministério Público para garantir direitos de trabalhadores em dois aeroportos da capital

 Questão de Justiça: SIEMACO-SP aciona Ministério Público para garantir direitos de trabalhadores em dois aeroportos da capital

Nos dias 10 e 11 de fevereiro deste ano o SIEMACO-SP já acompanhava paralisação dos funcionários por atraso no pagamento dos salários – Foto:Divulgação/SIEMACO-SP

O SIEMACO São Paulo denunciou ao Ministério Público de SP a empresa MG Terceirização e Serviços Ltda, que presta serviços de limpeza, asseio e conservação nos aeroportos de Congonhas e Campo de Marte, além da INFRAERO (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária), por atrasos no pagamento de salários de 115 funcionários.  “Foi agendada para o dia 05/04 uma audiência de mediação. Vamos cobrar os direitos da nossa categoria”, disse Francisco Júnior, responsável pelo departamento Jurídico do SIEMACO-SP.

Segundo a diretora Daniela Sousa, responsável pelo trabalho nos locais, é inadmissível que essa situação esteja ocorrendo em dois aeroportos do porte de Congonhas e do Campo de Marte. “Nós temos 115 trabalhadoras e trabalhadores, que atuam como agentes de higienização e auxiliares de limpeza, sem receber salários e benefícios há dois meses. Isso é um absurdo. Essas pessoas precisam ter seus direitos básicos minimamente respeitados ”, disse Daniela.

Assim que ocorrer a audiência, essa matéria será atualizada com os próximos passos. Trabalhadores e trabalhadoras que se sentirem lesados por suas empresas podem procurar a Central de Atendimento do SIEMACO São Paulo, pelos números (11) 3821-6444 ou (11) 5525-5880.

Aeroporto de Congonhas, onde parte dos funcionários com salários atrasados há dois meses trabalham – Foto: Rovena Rosa/ABr

* Pelos jornalistas Alexandre de Paulo (MTB 53.112/SP) e Fábio Busian (MTB 81.800/SP)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.