Central de Cursos abre nova sala de aula para Educação Continuada na Ecosampa

 Central de Cursos abre nova sala de aula para Educação Continuada na Ecosampa

Nesta quinta-feira (17), a Central de Cursos do SIEMACO São Paulo inaugurou uma nova sala de aula para os trabalhadores e trabalhadoras da Ecosampa – Garagem Socorro. O espaço é destinado ao Projeto Educação Continuada (PEC), cujo objetivo é oferecer formação às pessoas que desejam concluir o Ensino Fundamental e Médio por meio do Ensino de Jovens e Adultos (EJA). A sala conta ainda com computadores para futuras aulas de informática. A estrutura é uma parceria entre o SIEMACO-SP e a Ecosampa; as vagas já estão abertas e são exclusivas para trabalhadores do local. Mais informações e inscrições, procure o RH da empresa.

A diretora da Subsede Santo Amaro do SIEMACO-SP, Daniela Sousa, deu os parabéns à Ecosampa por iniciar este projeto, lembrando que “educação transforma, educação nos emancipa”, usando sua própria história de vida como ilustração. Nascida no Maranhão, Daniela é coletora da Ecourbis e, por meio do estudo, pôde progredir em sua vida pessoal e profissional.

Wilson Oliveira, gerente administrativo-financeiro da Ecosampa, deu as boas-vindas aos estudantes e todos os que trabalharam para a implantação do PEC, tanto da empresa quanto do sindicato, que atuam em conjunto. Para ele, “foi complexo montar a estrutura, mas mais ainda será enfrentar o dia a dia em busca do conhecimento. Por isso, é importante que os alunos valorizem tudo o que foi feito e aproveitem da melhor maneira”.

Responsável pela articulação junto ao SIEMACO-SP que levou à constituição de mais um projeto desta natureza, Carla Oliveira (Desenvolvimento Humano Organizacional/RH) destacou que “a união entre a empresa e o sindicato, quase impossível anos atrás, tornou isso agora possível. Isto tem que dar certo porque, mais do que o investimento, o importante é a realização de cada funcionário que passar por aqui”.

Na sua intervenção, Roberta Butolo, coordenadora Central de Cursos, falou sobre “o prazer em inaugurar mais uma sala de aula, fruto de uma parceria que já deu certo”. Segundo ela, o perfil de público que se beneficia do PEC, em sua maioria, é formado por pessoas vindas de várias partes do Brasil, que chegam a São Paulo e vão trabalhar na limpeza urbana ou na construção civil. São profissões que, modificadas pela tecnologia, atualmente também exigem qualificação. Sem falar nas oportunidades em outras áreas que se abrem para quem estuda”, ressaltou.

A jovem professora Núbia Brida estará à frente das duas turmas (manhã e tarde) que, juntas, reunirão 54 alunos, todos funcionários da Ecosampa. São varredores, coletores, ajudantes, motoristas e fiscais que vão frequentar as aulas.

Ela se mostra bastante entusiasmada com o desafio, sendo ela mesma também fruto da inclusão: a estudante de Pedagogia da Unicesumar pode frequentar a universidade graças ao Programa Educação para Todos (Prouni), iniciativa do governo que oferece bolsas de estudos em faculdades particulares para estudantes de baixa renda.

Fazer parte do PEC Ecosampa/SIEMACO-SP, um projeto educacional, para Núbia é “devolver para a sociedade um pouco do que está recebendo”. Os professores William Santos e Debora Souza, da Central de Cursos, também participaram da comitiva do SIEMACO-SP na solenidade.

 * Pelos jornalistas Alexandre de Paulo (MTB 53.112/SP) e Fábio Busian (MTB 81.800/SP)

** Com informações do Setor de Comunicação da Ecosampa; Fotos: Alexandre de Paulo

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.